IRONMAN: resultado de muita dedicação e esforço!


E como havíamos falado neste post, no domingo dia 31/05 aconteceu o IRONMAN BRASIL 2015.

Nosso colega Aurélio Kienen participou pela primeira vez e terminou a prova em 11hrs e 41min. O vencedor da prova foi o belga Marino Vanhoenacker, que terminou a prova em 7hrs e 53min.

E o Aurélio relata como foi a prova no ponto de vista dele: "No sábado ates da prova ouvi uma frase de um amigo 'Amanhã é apenas o desfile de formatura, o Ironman foi toda a fase de treinamento antes da prova propriamente dita'. Por isso vale resumir como foi chegar até ali, e depois falar da prova.

Em março de 2014 fiz minha primeira prova de triathlon em Garopaba, show, terminei bem e feliz da vida. Em maio fui assistir o Iron e fiz a minha inscrição para participar em 2015. A inscrição já é uma batalha, em 5 minutos acabam 2000 vagas, preciso agradecer a minha irmã Valquiria Kienen Grahl por ter ajudado, montamos uma central de informática em casa. Consegui, estava inscrito, agora era treinar pra fazer bem feito. Desde o início sempre deixei claro pra mim mesmo que o esporte não iria interferir no meu trabalho, então os treinos sempre teriam que ser de madrugada, a noite ou aos finais de semana. Fiz um planejamento pensando nos custos, tempo e concentrei a base dos treinos na ADHering que tem uma ótima estrutura e fica do lado de casa, fazendo natação, treinamento funcional, aulas de bike, pista de corrida e academia. Quero agradecer a ajuda de toda a equipe de professores da ADHering todos são ótimos. Fazem parte também desta evolução os nutricionistas Matheus Mistura e a amigona Katia Kegel Dieckmann, muito obrigado, vocês são ótimos no que fazem. 

Como sozinho não se faz nada nessa vida, precisava de um professor técnico para me orientar, procurei então o Pato, Edmilson Pereira, firmamos uma parceria e nos tornamos também grandes amigos. Grande atleta, pessoa fantástica, coração do tamanho do mundo, que me ajudou a chegar até aqui, e acreditou em mim mais do que eu mesmo as vezes. De janeiro até maio os treinos foram intensos, não existia dia de folga, era de segunda a segunda, só quem é mais próximo, como minha namorada Ariane Sousa, amigos e família sabem como é, quero agradecer a ajuda e paciência comigo durante essa fase, que não foi fácil. 

Enfim chegou a prova, estava pronto dentro das minhas condições para fazer a prova. Quero agradecer também em especial ao Wanderlei e Fabiana Deggerone, a Apex Distribuidora onde trabalho, pelo apoio e hospedagem nos dias de prova, muito obrigado. Esses poucos anos de esporte, não mudaram apenas minha parte física, mudaram muito mais minha cabeça, hoje acredito mais em mim mesmo, as dificuldades da vida tem outra dimensão.

O grande dia chegou, acordei às 4hrs da manhã, tomei aquele cafezão, comecei a ouvir algumas músicas pra inspiração e fui para o local da prova deixar os últimos itens na bike e a comida nas sacolas. E fui caminhando pela praia até o local da largada, nesse trecho de 1km passou um filme pela cabeça, tudo que passei pra chegar até ali. Na largada encontrei alguns amigos, conversamos, brincamos, rimos e fiz um breve aquecimento. Entrei no curral da largada e me posicionei, aí confesso que o coração começou a bater na boca. Dada a largada, pulei de cabeça na água e mandei ver, era braço, perna pra tudo que era lado. Encaixei meu ritmo e fui embora, fiz os 3,8km de natação em 1hr e 8 min dentro do esperado. Ciclismo, a primeira volta de 90km passou muito rápido, me alimentei e hidratei bastante conforme o plano. Já a segunda volta foi dureza, bastante vento e acabei perdendo rendimento. Como o ciclismo é minha grande deficiência, tentei me poupar pra não prejudicar ainda mais a maratona. Acabei fechando os 180km em 6hrs e 6 minutos, 6 minutos acima do planejado. Quando desci da bike e estiquei o corpo pra começar a correr, percebi que a coisa seria difícil, as pernas ficaram pesadas, dor no pescoço e nas costas do ciclismo. Comecei a correr, os primeiros 21km foram dentro do planejado, a torcida das pessoas, amigos, família, ajuda demais, dá um gás extra nas pernas, é emocionante. Os últimos 21km foram difíceis, não consegui manter o ritmo e fui perdendo força, mas como desistir não faz parte, segui até o fim, os últimos 2kms corri sorrindo, chorando, e a reta final não tem como explicar, só quem passa por aquele portal sabe a emoção que é...enfim concluído Ironman em 11 hrs e 41 minutos, o maior desafio que já enfrentei na vida!!!Agora depois de alguns dias de descanso fica a pergunta: e agora?...qual será a próxima?...não sei ainda, mas aguardem, ainda não quero parar...que venha o próximo desafio....!!!!
Quero agradecer a todos que participaram deste meu sonho, desculpe se esqueci de mencionar alguém. Agradecer a torcida de todos, ABTRI, Performance, no dia você ouve muita gente gritando seu nome mas não dá tempo de reconhecer, muito obrigado!!!"







Parabéns Aurélio pela sua dedicação, garra e disciplina para 
realizar a prova! Que venha a próxima!

Comentários

Receba as novidades por e-mail: